Ascensor da Bica

Ascensor da Bica

O Ascensor da Bica, inaugurado em 28 de Junho de 1892, efetua a ligação entre a Rua de São Paulo e o Largo do Calhariz, a atravessar o Bairro da Bica através da Rua da Bica de Duarte Belo, sendo considerado como o ascensor com o roteiro mais pitoresco. Este equipamento de transporte urbano é constituído por dois carros que sobem e descem duas vias de carris de ferro, de modo simultâneo e alternado, composta por cabine tricompartimentada em áreas de condução e do público.

A construção do ascensor

A construção do ascensor foi iniciada em 1888 com a celebração do contrato entre a Câmara Municipal de Lisboa e a Nova Companhia dos Ascensores de Lisboa, sendo esta última responsável pela sua construção, e em 1892 iniciou a atividade com a locomoção através de contrapeso de água. Nos anos seguintes sofreu algumas alterações ao sistema de locomação, pelo que em 1896 passa a funcionar através de locomoção a vapor e de 1914 a 1916 são realizadas obras para a sua eletrificação total.

Apesar das obras de eletrificação estarem concluídas em 1916, o Ascensor da Bica apenas consegue retomar o seu serviço em 1927 devido a acidente na conclusão dessas obras, em que um dos carros ficou descontrolado e embateu na estação da Rua de São Paulo. Nestes anos de paragem sem serviço, em 1923 ocorreram trabalhos para retomar o serviço e em 1926 o Ascensor passa para a propriedade da Companhia Carris após a dissolução da Nova Companhia dos Ascensores de Lisboa.

Os dois ascensores da Bica passam ao lado um do outro
Pedro J Pacheco, Wikimedia Commons

A atividade do ascensor numa das íngremes encostas da cidade de Lisboa, consegue-se o seu acesso superior através de uma sequência de degraus e na base num prédio, que exibe na sua fachada principal a inscrição “Ascensor da Bica” e no interior um amplo átrio com revestimento lambrim.

A importância histórica e cultural do Ascensor da Bica é reconhecida e assim em 2002 foi classificado juntamente com o seu meio urbano envolvente como Monumento Nacional.

Foto lateral do Ascensor da Bica a fazer o seu percurso
JotaCartas, Wikimedia Commons

Informação Geral

Morada: Rua S. Paulo – Largo Calhariz

Horário: Segunda-feira a Sábado das 7h00 às 21h00 | Domingo e Feriado das 9h00 às 21h00

Email: atendimento@carris.pt

Telefone: (+351) 213 500 115

Website: Carris

Transporte: Autocarros 758 (Carris) | Elétrico 28 (Carris) | Linha Verde – Estação de Cais do Sodré (Metro) | Comboios Linha de Cascais – Estação de Cais do Sodré (CP)

Mapa

Cronologia

→ 1888: Celebração do contrato entre a Câmara Municipal de Lisboa e a Nova Companhia dos Ascensores de Lisboa para a concessão de instalação de ascensor
→ 1890: Conclusão da instalação da máquina motora do ascensor
→ 1892: Início da atividade após experiências oficiais de funcionamento
→ 1912: Assinatura de contrato de concessão que permite a eletrificação de todas as linhas da Nova Companhia dos Ascensores de Lisboa
→ 1914 a 1916: Obras de eletrificação do Ascensor da Bica
→ 1916: Ascensor fica inativo devido a acidente durante a conclusão dos trabalhos de eletrificação, com um dos carros a embater na estação da Rua de São Paulo
→ 1923: Trabalhos e colocação de novos carros após exigência da Câmara Municipal de Lisboa para retomar o funcionamento do Ascensor da Bica
→ 1926: Dissolução da Nova Companhia dos Ascensores de Lisboa, pelo que Ascensor da Bica passa a ser propriedade da Companhia Carris
→ 1927: Ascensor da Bica retoma o serviço
→ 2002: Classificação como Monumento Nacional
→ 2005: Proposta de fixação de Zona Especial de Proteção
→ 2009: Homologação da Zona Especial de Proteção

Partilhar

Deixar uma resposta

Fechar