Torre de São Sebastião da Caparica

Torre de São Sebastião da Caparica

A Torre de São Sebastião da Caparica, também chamada de Fortaleza da Torre Velha, foi uma importante estrutura mandada construir por D. João II no seguimento do plano de defesa da barra do Tejo. Na altura foi construída a Torre de Santo António de Cascais e a Torre de Belém na margem direita do rio Tejo, e o Forte de São Sebastião da Caparica na margem esquerda.

A ameaça marítima e a defesa de Lisboa

A conclusão da construção da fortaleza deu-se em 1488, e à data era composta pela por uma torre e pelo baluarte que havia sido construído durante o reinado de D. João I. Após um ataque de corsários franceses à ilha da Madeira em 1566, D. Sebastião procedeu o levantamento cartográfico de locais ameaçados, e ordenou o reforço destes mesmos locais. A Fortaleza da Torre Velha, sendo uma estrutura defensiva da cidade de Lisboa, recebeu uma ampliação na sua estrutura, e adoptou a partir dessa altura a designação de Forte de São Sebastião da Caparica.

Durante o período da dinastia filipina houve novamente uma ampliação e modernização da fortaleza, passando também a ser conhecida como Torre dos Castelhanos, e confirmando a sua importância como sistema de defesa do território. Apesar das sucessivas ampliações do forte, este foi desactivado em 1801 após o fim da Guerra das Laranjas que opôs o Portugal à Espanha e à França.

O lazareto e degradação

A partir desta altura o forte sofreu alguma degradação, tendo sido dissolvido em 1815, e foi aí instalado o lazareto, local onde eram colocados em quarentena os tripulantes de embarcações suspeitos de serem portadores de doenças. A função como local de quarentena durou até 1859, altura em que se deu a construção do novo lazareto num terreno localizado ao lado do forte.

Apesar da sua importância histórica registada pela classificação como monumento nacional em 2012, o Forte de São Sebastião da Caparica encontra-se hoje deixado ao abandono e em estado de ruína.

Informação Geral

Morada: Porto Brandão – Trafaria, Caparica

Email: almadainforma@cma.m-almada.pt

Telefone: (+351) 212 724 000

Website: Câmara Municipal de Almada

Mapa

Cronologia

→ 1488: Conclusão da construção
→ 1570: Obras de ampliação e designação como Forte de São Sebastião
→ 1580 a 1640: Ampliação e modernização do forte e designação como Torre dos Castelhanos
→ 1801: Desactivação do forte
→ 1815: Instalação do lazareto
→ 1859: Fim da utilização como lazareto
→ 2012: Classificação como Monumento Nacional

Partilhar

Deixar uma resposta

Fechar